domingo, 21 de julho de 2013

Game of Thrones: guia de personagens

Após ter devorado três séries e ter começado a coleccionar (e a ler) os livros (grandes agradecimentos à Visão e às suas colecções), chegou a altura de fazer uma lista das minhas personagens preferidas e mais odiosas do Game of Thrones.
A série é excelente, desde os cenários, à utilização de fantasia q.b., até aos figurinos, ou seja, guarda-roupa e cabelos. As tranças são divinais. Mas venho aqui falar das personagens. Esta foi uma série engraçada na seguinte medida: consegue-se mudar de opinião acerca do carácter das personagens quase de um episódio para o outro e só na segunda série é que estamos seguros do que achamos de cada uma. Pois bem, eu fiquei da seguinte forma:


Personagens que gosto:

Arya Stark: o oposto da irmã Sansa, Arya é maria-rapaz, despreza os ensinamentos da septã, e não quer ser uma senhora, como a própria disse. Mantém-se fiel a si mesma, ainda que isso signifique desafiar a autoridade. Além disso tudo, ainda criou uma lista de negra de pessoas que quer ver mortas, que está sempre com novos nomes.


Daenerys Targaryen: nascida na tempestade e mother of dragons. Anda de terra em terra a libertar os escravos, nem é preciso dizer mais nada. Adorei-a no episódio em que ela confrontou o dono dos escravos-soldados ao falar-lhe em alto valiriano, surpreendendo o horrendo homenzinho que nada fez além de a insultar.






Tyrion Lannister: penso que a personagem de Peter Dinklage é o coração da série. Talvez seja uma opinião exagerada, mas é verdade que não seria a mesma coisa sem o duende, tal como Os Piratas das Caraíbas não funcionariam sem Jack Sparrow. Dá pena a forma como Tyrion é posto no mesmo saco que o resto do clã Lannister, até porque este apenas se dirige com comentários sarcásticos à sua querida família.




Varys: acho sempre piada a pessoas que têm quem lhes conte os segredos, que têm sempre uma segunda jogada e que fazem jogo duplo pelo lado bom.




No ramo do óbvio, deixo personagens como Eddard Stark, Catelyn Stark, Robb Stark, (em suma, os Stark) de quem é impossível não gostar. Simpatizo igualmente com Sor Jorrah, que aconselha Daenerys.
Como simpatias controversas, tenho de admitir que, apesar de ter tudo para ser odiado, não desgosto de Petyr Baelish. E gosto muito de Bronn porque é engraçado.


Personagens que não gosto:

Clã Lannister em geral, exceptuando Tyrion. Cersei é lindíssima, mas odiável. Do rei-adolescente-masoquista-que-gosta-de-torturar-pessoas Joffrey nem vale a pena falar.

Sansa Stark: única Stark que odeio, principalmente na primeira temporada na qual desprezou a família pela miragem de uma vida melhor no Sul. Depois, nos últimos episódios, há uma tentativa de pôr o espectador com pena da moça, mas comigo não resulta. Continuei sem gostar dela. Sansa sonsa.







Jon Snow: santos deuses, não há paciência para Jon Snow e o discurso do coitadinho "ai que sou bastardo, tenham pena de mim, vou tomar o negro, ai que pobrezinho que eu sou". Ainda tive esperanças que arrebitasse aquando do jogo duplo pelos selvagens, mas a sua prestação apenas acentuou o meu ódiozinho por ele: a rapariga apaixonou-se e ele deixou-a para voltar ao clã celibatário. É favor reparar nos olhos de coitadinho.



Melisandre: "olhem para mim que me visto de vermelho e sou a voz do senhor da luz sigam-me" não gosto de senhoras desviantes - que desviam as pessoas do bom caminho. Ela convenceu Stannis a trair a esposa. E seduziu para depois torturar o Chris dos Skins. Quer dizer, o Gendry. Fisicamente também me assusta, faz lembrar uma bruxa má, daquelas que são bonitas, como a madrasta da Branca de Neve. E não simpatizo com radicais religiosos.



Viserys Targaryen: que drama queen. Que indivíduo tão cheio de mania e que se auto-sobrevaloriza de forma tão exagerada. Bem feita que morreu logo. Adorei a sua morte. Que ódio.







Por último, acrescento a louca da irmã da Catelyn. Meu Deus, que mulher histérica maluca, mãe-galinha de um miúdo de uns sete anos que ainda amamenta. E também aquele homem que casa com as filhas e que tem filhas delas. Que nojo.


Dou a minha lista por terminada. Brevemente verei se tenho nomes a acrescentar.

Sem comentários:

Enviar um comentário