sábado, 27 de julho de 2013

Carta à RFM

Querida RFM,

Daqui te escreve uma ouvinte com algumas sugestões: 
Em primeiro lugar, Nilton a tempo inteiro nas manhãs, o que é isso? Claramente estás a perder para a Comercial, que deve ter a melhor equipa das manhãs de todos os tempos, mas isso é o menos para mim. Não vou de carro para o trabalho, porque não trabalho, então não ouço a emissões matinais da rádio. Em segundo lugar, o Oceano Pacífico é com o João Chaves e não com o Marcos André. E é das 10 às 2 e não das 11.
O terceiro tópico é o mais importante de todos. RFM, querida, nem sabes a sorte que tens! Não estás ligada a nenhum "mote", ou seja, a nenhuma obrigação musical. Não passas só a música dos últimos anos, nem dos anos 80, e também não és uma estação limitada a um só estilo musical. Posto isto, queria dizer que há vida para além das seguintes cantigas:
- Try, da Pink
- Just Give Me A Reason, da Pink e aquele moço indie
- Aquela em que uma mulher canta "one day baby we'll be older and think about the stories that we could have told" e que a dada altura começa a esganar a frase em vez de cantar
- Aquela em que uma mulher canta "I-I follow, I follow you deepsys (??) baby"
- She Wolf, que não se entende a letra
- Mirrors, do Justin Timberlake
- Qualquer coisa do Bruno Mars
- Música do Will.I.Am com a Britney Spears, que ainda nem descobri onde é que ela entra na canção
- Girl on Fire, da Alicia Keys
- As duas cantigas que parecem da mesma banda porque saíram exactamente na mesma altura, e são daquele estilo indie-pop-dos-anos-10 Hey Ho e Underneath You're Beautiful - não é erro ortográfico, acho que é mesmo assim o título

Posto isto, ou bem que começam a inserir mais faixas na vossa playlist que passa em shuffle o dia todo, ou então passem a Get Lucky em loop. Ou Queen, também sei que têm Queen.

Atenciosamente,
Uma ouvinte

1 comentário: