segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

2016: agora sim, ele que venha


Nunca é a 1 de Janeiro que sinto que estou num novo ano. Tem de vir a semana propriamente dita e o regresso à rotina para que tudo se equilibre novamente. É por isso que, hoje sim, sinto que estou num ano novo com todos os clichés a que também tenho direito: vida nova, atitudes novas, novos começos e etapas, etc e tal. Até trago uma espécie de lista com resoluções de ano novo, hora vejamos:
1 - Arranjar de vez aqueles básicos de maquilhagem que sempre adiei, porque não se pode viver só de BB Cream, portanto este ano tenho de conseguir comprar uma base, um blush e um corrector de olheiras/imperfeições (ah, e respectivos pincéis);
2 - Não passo de 2016 com as unhas roídas e terríveis, nem que tenha de recorrer a medidas mais radicais. Estou farta de tentar deixar de roer as unhas e, quando finalmente vejo resultados, cai tudo por terra. Em 2016 vou ter unhas decentes, mesmo que tenha de recorrer (temporariamente) às de gel;
3 - Chega de pequenas futilidades femininas. Defini o meu objectivo de leitura no GoodReads para 30 livros. Tem de ser, até escolhi um número modesto. Entretanto, vou mostrando por aqui o que tenho lido;
4 - Vou escrever mais sobre a minha vida e não apenas sobre um tema. Estou farta que os meus registos no diário batam sempre na mesma tecla. Já agora, ainda não arranjei o diário novo que tanto quero;
5 - Gostava muito de fotografar mais. Cada vez que vejo uma publicação da Hello Lolla sinto uma pena imensa de não andar sempre com uma máquina atrás de mim, apesar de ser impossível ter fotos tão giras como as dela;
5 - Dedicar-me mais aqui ao meu blogzinho!

Vamos ver se consigo cumprir tudo. Já arranquei com o meu bullet journal, que era o meu novo projecto para 2016, e só em quatro dias fiquei rendida. Depois faço um post, mas quero deixar passar mais algum tempo para ter mesmo as minhas opiniões fundadas. E vocês? Que resoluções têm para este ano novo?

Sem comentários:

Enviar um comentário